Avançar para o conteúdo principal

Kassab Gay. E...?

armariooo

Finalmente a campanha eleitoral aqui em São Paulo esquentou. Se o 1º turno foi morno, agora tá pegando fogo.

O principal fato agora é a campanha da Marta, levantando dúvidas sobre a homossexualidade do Kassab.

Todo paulistano sabe, ou já ouviu falar sobre isso. Nunca foi dito abertamente, mas muita gente sabe o que acontece.

E se ele for gay? E se ele for casado com o Rodrigo Garcia? Isso menospreza o candidato? Isso o deixa em desvantagem?

Fiquei surpreendido com o fato disso vir da Marta, que defendia a causa gay.

Mas Marta, dessa vez não dá... Vou votar no Kassab. Chega de PT e baixaria, né?

PS: Já pensou se o Kassab ganha em São Paulo e o Gabeira no Rio? Dobradinha no eixo...

 

Comentários

Gustavo Mazzutti disse…
Opa! bacana o seu blog.
... Não sei se já.
Um Abs
Gustavo Miranda disse…
Michel, acho que exatamente por todo paulistano um dia já ter comentado, ouvido ou feito piada a respeito, que de cara acha que a propaganda foi preconceituosa. Eu sinceramente não acho. Não voto em São Paulo e não estou fazendo birra com o Kassab. Mas, eu acho que é plenamente possível questionar o fato de a vida pessoal do candidato não ser mencionada na campanha. Antes disso, o próprio candidato nunca havia falado (e ele temia isso, porque nos bastidores o que eu mais ouvi nessa campanha é que estavam esquentando uma namorada para ele). Quando questionou a vida pessoal dele, a campanha da Marta só perguntou sobre o Kassab que fica escondido e ninguém sabe a respeito. Por todo mundo desconfiar que ele seja gay, atribui-se à campanha esse grau de 'homofobia'. Eu sinceramente discordo. Acho importante saber sobre a vida pessoal do candidato sim. Não falo exatamente da sexualidade. Vou usar o exemplo dos Estados Unidos. A vice do McCain é conservadora. Mas, a filhinha de 16 anos dela tá grávida. Nesse caso, vc não acha importante saber sobre a vida pessoal do candidato?
Anónimo disse…
Auki,

Fiquei pensando... o que determina seu voto é uma postura tida como preconceituosa, correto? Algo que você coloca como baixo.
Entendo sua posição... mas dar o voto para o adversário em específico mina qualquer lógica na sua argumentação... uma vez que este candidato no qual você vai depositar sua confiança é aquele mesmo que vetou um projeto de lei que puniria a homofobia no âmbito municipal. Mesmo com toda a discussão em torno da "viabilidade" deste, o simples fato de sancionar a lei teria dado legitimidade, ainda que virtual, à liberdade de se ser o que é. Inclusive a ele Kassab.
Acho legítima sua manifestação contra o preconceito (?)... mas vejo com estranheza a construção do seu post, que se apoia também no preconceito (contra um partido) quando na verdade visa-se a por um fim na problemática. Talvez você e a Marta tenham mais em comum do que se poderia supor. Vale a reflexão, amigo.

Abraço,
Guilherme Mesquita
Anónimo disse…
todo mundo tão politizado e eu vou vir falar besteira.. mas olha só, até que o rodrigo garcia é bonitão pro Kassab.

http://img437.imageshack.us/img437/2639/klabin65te.jpg

http://img384.imageshack.us/img384/3565/klabin71mi.jpg

as fotos foram feitas na abertura da estação chac. klabin...

Mensagens populares deste blogue

Telefônica 10 anos

Muito gostoso de ver o comercial comemorativo de 10 anos da Telefônica no Brasil. Tudo bem que as imagens são do banco de vídeo da Corbys e do Getty, mas a música "Can't Help Falling In Love" nessa roupagem está uma delícia de ouvir. Não sei se é jingle, não sei se é alguma gravação, enfim... Alguém da Play it Again ou da Publicis para decifrar pra mim? Agradeço muitíssimo e dou uma Paçoca Amor em retribuição.

O patinador Franco-Brasileiro em Sochi. Em Sochi?

Florent Amodio nasceu em Sobral, CE, e foi adotado por uma família francesa. Aconteceu dele ter virado um dos melhores patinadores da temporada. Nos últimos dias tem rodado por aí um vídeo de uma série dele ao som do  Eu quero tchu, eu quero tcha , do Gustavo Lima. Acontece que, diferentemente do que quase todo mundo está postando e comentando, isso nao foi em Sochi.  Aquela apresentação foi na Suíça, em fevereiro do ano passado.  Em Sochi, a música escolhida por ele foi La Cumparsita. Um tango, talvez o mais famoso deles.  Na nossa carência de heróis, estamos terceirizando.