Avançar para o conteúdo principal

A incrível história da outra folha que queria ser Cartão-Postal

Você, caro leitor desse blog, deve se lembrar da incrível história da folha que queria ser cartão-postal. A história começou lá em Nova York quando eu comprei mais selos do que deveria e acabei mandando uma folha de papel via correio, chegando aqui no Brasil com um bilhete dos correios americano. Se não leu, leia aqui.

Pois bem. No começo deste ano fui para Paris. E, como não poderia deixar de fazer, repeti a mesma história.

Viajo sempre com um caderninho de anotações formato 10x15cm. E, como sempre, eu encapo com algumas embalagens e rótulos de comida e coloco algumas informações como telefones de amigos que irei encontrar, lugares para comer, dançar, visitar, comprar entre outras coisas.

E a cada viagem, eu mudo o caderno. Veja o caderno que preparei para Paris:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA         Frente do caderninho

É da Spiral e praticamente do tamanho de uma caneta Bic. É meu Moleskine tapuia. haha

Vou juntando várias embalagens para encapar meus cadernos. Muito melhor do que aquelas fotos de modelos de jeans lavando o carro a la anos 80!

E não é só a capa não. A contra capa também precisa de um trato!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA          

E as informações de dentro:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ah, claro... O caderninho de NY e o de Paris:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pois bem... do caderninho de NY saiu uma idéia louca de arrancar uma folha e postar no correio, como vc viu no post de maio de 2007.

Fiz a mesmíssima coisa em Paris.

Arranquei uma folha do meu caderno, fiz um super desenho mal desenhado, como se fosse um super cartão-postal, escrevi um recadinho pra mim mesmo, selei e coloquei na caixinha do correio.

E não é que a folha postada também chegou aqui no Brasil?

Veja só:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Veja que desenho mais lindo que fiz!
É um super cartão postal.

É a Torre Eiffel com o Rio Sena, a Pont Neuf e um dos catamarans que fazem o passeio no rio.

Pois bem, desenhei, arranquei do caderno e escrevi atrás...

OLYMPUS DIGITAL CAMERA


Não repare na minha letra, ok?

Eu escrevi correndo e não caprichei.

Repare que nem tirei as barbichinhas da folha...


O que mais chamou a atenção foi o cuidado que tiveram com ele. Praticamente não amassaram como o de NY.

AH, e não pára por aí. Com tradição não se brinca e mandei um cartão-postal normal pra mim mesmo. Sempre. Adoro receber meus cartões postais.

E, também, porque não, também mandei para a minha linda cachorrinha... Uma poodle chamada Cori:

Olha que lindo o cartão dela...

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

E, óbvio, escrevi pra ela... Repare no diálogo:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ela ficou tão contente que quando eu voltei pra casa, ela pulava, latia, pedia carinho... uma fofa!

Enfim... Esse é um dos meus maiores prazeres: fazer o que eu quero, sem qualquer obrigação e pondo minhas loucuras em dia... hehehe

Comentários

Alexandre Lucas disse…
Adoro correios à moda antiga =)
Anónimo disse…
Medo! Muito Medo!!

H-e H-E H-e vc não existe Auki... admiro sua "autenticidade" ... de volta para o futuro :)

Shavua-Tov - Boa Semana

Abs

Mensagens populares deste blogue

Desconstruindo o Crème Brûlée...

Essa deve ser a semana "Domingo tive pesadelo com o Crème Brûlée e vou me vingar na semana" do Mais Você!   Ontem, a Namaria Braga deu uma receita de um pudim invertido. Era invertido pq o creme era embaixo e em cima tinha a calda de caramelo que endurecia. E pra você comer, tinha que quebrar a casquinha.   Oras bolas... era o Crème Brûlée pobre e tapuia!!   Hoje a Flávia Quaresma estava lá, dando uma receita de Crème Brûlée de milho!!   Sim, meu povo! Crème Brûlée de milho verde!!!   E amanhã? Vamos fazer um bolão, ou melhor, um cremão pra saber qual vai ser o próximo assassinato do Crème Brûlée??   PS:Sobre coisas invertidas, eles pegaram a França para chacotas... Depois do Pudim Invertido ser o nome tapuia do Crème Brûlée, eles apelidaram de Torta de Maçã Invertida a famosa e deliciosa Tarte Tatin!  

Telefônica 10 anos

Muito gostoso de ver o comercial comemorativo de 10 anos da Telefônica no Brasil. Tudo bem que as imagens são do banco de vídeo da Corbys e do Getty, mas a música "Can't Help Falling In Love" nessa roupagem está uma delícia de ouvir. Não sei se é jingle, não sei se é alguma gravação, enfim... Alguém da Play it Again ou da Publicis para decifrar pra mim? Agradeço muitíssimo e dou uma Paçoca Amor em retribuição.