Avançar para o conteúdo principal
Cheguei em Porto Alegre

Depois de um vôo onde o piloto tinha nome de massa de tomate amadora (Comandante Amadori) e a aeromoça tinha nome de Miss (Marta Rocha), eis que já estou no hotel...

O hotel é um lixo! Deve ser daqueles dos anos 50... Triste triste triste... Em franca decadência.

O controle do ar condicionado do quarto parece uma mesa de cirurgia de açougue... Até tirei foto:

Tô vendo que rezarei pro feriado passar super rápido....

Comentários

Goiano disse…
HAHAHAH
que chic
Hotel Vintage!

super tendencia ... agora tira uma foto do banheiro que deve ser medonho hahaha

tenha fé irmão ... um dia vc é promovido ou da um golpe do baú e não vai ficar em hotel bagaceira... mas ate la faz de conta que é cult
Anónimo disse…
O ar-condicionado funcionou? Você tem que brigar é com a responsável pela reserva, que não escolheu o Blue Tree Toweer Porto Alegre.

Boa estadia em minha cidade com ou sem ar-condicionado. Wi-fi no quarto? Você deve ter deixado a recepcionista maluca. Fale bem de minha cidade.
Anónimo disse…
achei até digno o painel digital, michel!

:P

Mensagens populares deste blogue

Desconstruindo o Crème Brûlée...

Essa deve ser a semana "Domingo tive pesadelo com o Crème Brûlée e vou me vingar na semana" do Mais Você!   Ontem, a Namaria Braga deu uma receita de um pudim invertido. Era invertido pq o creme era embaixo e em cima tinha a calda de caramelo que endurecia. E pra você comer, tinha que quebrar a casquinha.   Oras bolas... era o Crème Brûlée pobre e tapuia!!   Hoje a Flávia Quaresma estava lá, dando uma receita de Crème Brûlée de milho!!   Sim, meu povo! Crème Brûlée de milho verde!!!   E amanhã? Vamos fazer um bolão, ou melhor, um cremão pra saber qual vai ser o próximo assassinato do Crème Brûlée??   PS:Sobre coisas invertidas, eles pegaram a França para chacotas... Depois do Pudim Invertido ser o nome tapuia do Crème Brûlée, eles apelidaram de Torta de Maçã Invertida a famosa e deliciosa Tarte Tatin!  

O patinador Franco-Brasileiro em Sochi. Em Sochi?

Florent Amodio nasceu em Sobral, CE, e foi adotado por uma família francesa. Aconteceu dele ter virado um dos melhores patinadores da temporada. Nos últimos dias tem rodado por aí um vídeo de uma série dele ao som do  Eu quero tchu, eu quero tcha , do Gustavo Lima. Acontece que, diferentemente do que quase todo mundo está postando e comentando, isso nao foi em Sochi.  Aquela apresentação foi na Suíça, em fevereiro do ano passado.  Em Sochi, a música escolhida por ele foi La Cumparsita. Um tango, talvez o mais famoso deles.  Na nossa carência de heróis, estamos terceirizando.