Avançar para o conteúdo principal

Rei do Armarinho

Quando era criança ficava realmente encucado em morar em São Paulo e ouvir sempre minha mãe falar que ia no “Ao Rei do Armarinho”.

 

O nome cairia bem em uma cidade litorânea. Não no meio da cidade.

 

Até que um dia descobri que “Ao Rei Do Ar Marinho” não era bem isso...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Desconstruindo o Crème Brûlée...

Essa deve ser a semana "Domingo tive pesadelo com o Crème Brûlée e vou me vingar na semana" do Mais Você!   Ontem, a Namaria Braga deu uma receita de um pudim invertido. Era invertido pq o creme era embaixo e em cima tinha a calda de caramelo que endurecia. E pra você comer, tinha que quebrar a casquinha.   Oras bolas... era o Crème Brûlée pobre e tapuia!!   Hoje a Flávia Quaresma estava lá, dando uma receita de Crème Brûlée de milho!!   Sim, meu povo! Crème Brûlée de milho verde!!!   E amanhã? Vamos fazer um bolão, ou melhor, um cremão pra saber qual vai ser o próximo assassinato do Crème Brûlée??   PS:Sobre coisas invertidas, eles pegaram a França para chacotas... Depois do Pudim Invertido ser o nome tapuia do Crème Brûlée, eles apelidaram de Torta de Maçã Invertida a famosa e deliciosa Tarte Tatin!  

Telefônica 10 anos

Muito gostoso de ver o comercial comemorativo de 10 anos da Telefônica no Brasil. Tudo bem que as imagens são do banco de vídeo da Corbys e do Getty, mas a música "Can't Help Falling In Love" nessa roupagem está uma delícia de ouvir. Não sei se é jingle, não sei se é alguma gravação, enfim... Alguém da Play it Again ou da Publicis para decifrar pra mim? Agradeço muitíssimo e dou uma Paçoca Amor em retribuição.