Avançar para o conteúdo principal

A Boa e a Má Vontade

Desde criança sempre gostei de pintar quadros. Até fiz por alguns anos aula de pintura a óleo.
Uma das coisas que aprendi na prática foi que, por mais que eu queira pintar um quadro com cores alegres, se eu estivesse triste ou de mau humor, isso seria impossível.Sempre ficava escuro e depressivo.
 
Isso também percebi quando faço alguma coisa na cozinha. Se eu não estiver com vontade, aquela receita fácil fácil que sempre faço ou não dá certo ou fica encruada.
 
Estou percebendo isso também em outra área da minha vida. A diferença das outras é que quando não estou fazendo essa coisa, eu faço outras com a maior vontade do mundo e feliz da vida!
 
Esse final de semana por exemplo, fiz minha receita de torta americana de maçã e nunca ficou tão boa quando a que fiz sábado.
 
Essa coisa chata de fazer, na verdade não é chata em si. Chato é somente o fato de como é conduzida.
 
Mas acredito que as coisas sempre se nivelam nas nossas vidas. E essa área, que hoje está lá embaixo, longe da linha de nivelamento, vai subir. Cedo ou tarde.

Comentários

Anónimo disse…
"chato é somente o fato de como é conduzida"'s got me thinking...

uma boa semana pra ti.

ps.: adoro metáforas culinárias
Anónimo disse…
Oii...Auki não sei....eu tb sou artista plástico, tinta a óleo, e sempre qndo estou pra baixo, pintar me faz bem e saem telas belíssimas!....parece que quando a gente ta triste e faz alguma coisa que gosta a alma acaba se beneficiando e esquecendo dos problemas.....abs

Mensagens populares deste blogue

Telefônica 10 anos

Muito gostoso de ver o comercial comemorativo de 10 anos da Telefônica no Brasil. Tudo bem que as imagens são do banco de vídeo da Corbys e do Getty, mas a música "Can't Help Falling In Love" nessa roupagem está uma delícia de ouvir. Não sei se é jingle, não sei se é alguma gravação, enfim... Alguém da Play it Again ou da Publicis para decifrar pra mim? Agradeço muitíssimo e dou uma Paçoca Amor em retribuição.

O patinador Franco-Brasileiro em Sochi. Em Sochi?

Florent Amodio nasceu em Sobral, CE, e foi adotado por uma família francesa. Aconteceu dele ter virado um dos melhores patinadores da temporada. Nos últimos dias tem rodado por aí um vídeo de uma série dele ao som do  Eu quero tchu, eu quero tcha , do Gustavo Lima. Acontece que, diferentemente do que quase todo mundo está postando e comentando, isso nao foi em Sochi.  Aquela apresentação foi na Suíça, em fevereiro do ano passado.  Em Sochi, a música escolhida por ele foi La Cumparsita. Um tango, talvez o mais famoso deles.  Na nossa carência de heróis, estamos terceirizando.